terça-feira, 3 de maio de 2011

Urawa Reds 0x2 Yokohama Marinos: Mais uma vitória tricolor em Saitama

Oguro (11) marcou aos 48 do segundo tempo pra definir a vitória do Marinos / J.League Photos

O Yokohama Marinos tem sido um visitante indigesto para o Urawa Red Diamonds. A última vez que os Reds venceram os tricolores em casa foi em 2006, ano do único título do Urawa na J-League. Desde então, foi um empate em 2007 (1x1) e derrotas nos três anos seguintes (6x1 em 2008, 2x1 em 2009 e 3x2 em 2010). Este ano, os visitantes mais uma vez se deram bem e conseguiram a quarta vitória consecutiva no Saitama Stadium, além de subir para o terceiro lugar na tabela.

 Nenhuma alteração nos dois times, que repetiram a formação usada na rodada passada

47.000 torcedores estavam no estádio - entre eles, havia a ilustre presença do técnico da seleção, Alberto Zaccheroni -, no clássico que reuniu duas das mais fanáticas torcidas do Japão. A expectativa era de um grande jogo, e o que se viu desde o início foi os dois times buscando o ataque. Em uma disputa equilibrada com esta, espera-se que o craque do time apareça para fazer a diferença. O Yokohama tem Shunsuke Nakamura, simplesmente um dos melhores jogadores japoneses de todos os tempos que, apesar de estar com 32 anos e já ter passado pelo seu auge, ainda está entre os melhores em atividade. Por outro lado, o Urawa tem Marcio Richardes, brasileiro de 29 anos que fez uma excelente temporada ano passado, ao marcar 20 gols pelo Albirex Niigata e ser escolhido para a seleção do campeonato. Um dos melhores, se não o melhor, jogador estrangeiro da liga. Yosuke Kashiwagi, 23 anos, apontado como possível sucessor de Endo na seleção japonesa, é mais um pra ficar de olho pelos Reds.

Na disputa dos maestros Nakamura e Marcio Richardes, dá pra dizer que o japonês ganhou de longe. O camisa 25, que joga como um clássico 10, teoricamente é o meia direita no 4-4-2 armado por Kazushi Kimura - técnico que também foi jogador e estrela do Marinos e da seleção na década de 80 desde quando o time ainda era chamado Nissan -, mas ele não ficou preso a um só lado do campo. Nakamura aparecia também na esquerda, invertendo com Hyodo, e principalmente pelo meio. A bola sempre passava por ele nos ataques do Marinos, e seus passes significavam perigo e atenção redobrada para a defesa adversária.

Gráfico comparando o posicionamento de Nakamura (esquerda) e Kashiwagi (direita) durante toda a partida

Pelo lado do Urawa, Kashiwagi ajudava tanto no ataque quanto na defesa como segundo volante ao lado do veterano Nobuhisa Yamada. Marcio Richardes, que deveria ser o principal responsável por armar as jogadas, pouco apareceu. Seu único momento de destaque foi em um chute de fora da área que Iikura mandou pra escanteio. O primeiro tempo terminou 0x0, mas era o Marinos quem criava mais chances.

Na segunda etapa, o Urawa teve um bom momento logo no primeiro minuto, quando o jovem Genki Haraguchi invadiu a área pela esquerda, driblou Kurihara e Nakazawa e quase fez o gol. Iikura apareceu bem pra abafar o chute, que não tinha muito ângulo. Depois foi o Yokohama que chegou com perigo - Taniguchi acertou a trave depois de um cruzamento do lateral Kobayashi.

Os dois técnicos resolveram trocar os atacantes - Oguro entrou no lugar de Ono no Marinos e Mazola (ex-Guarani e São Paulo) entrou no lugar de Tatsuya Tanaka no Reds. Aos 25 minutos, saiu o primeiro gol, na especialidade do craque de Yokohama: a bola parada. Nakamura cobrou na área, Watanabe apareceu na frente do zagueiro e cabeceou no canto, no primeiro pau. A bola ainda bateu na trave antes de entrar. Muita festa da torcida visitante.

Desesperado pelo resultado, o técnico montenegrino Zeljko Petrovic tirou o zagueiro australiano Spiranovic para colocar o atacante Hiroyuki Takasaki. Do outro lado, Kimura tirou Nakamura e colocou o meia Kenta Kano. Apesar de ter ficado mais ofensivo, o time da casa não conseguia criar chances de gol, e quem mais assustava era o Marinos em rápidos contra-ataques contra a desguarnecida defesa dos Reds. Oguro perdeu uma grande chance quando ficou no mano a mano com o zagueiro Nagata. O veterano atacante recebeu dentro da área e cortou pra esquerda, depois cortou pra direita e chutou, mas Yamanishi segurou bem.

Já nos acréscimos, depois de uma intensa pressão onde todos os dez jogadores de linha do Urawa estavam no ataque, o Marinos roubou a bola na defesa e lançou um contra-ataque fulminante: Oguro recebeu na intermediária, driblou o goleiro que saiu da área e concluiu para o gol vazio: 2x0 e fim de jogo.

Mais uma grande vitória do Yokohama fora de casa e com grande atuação de Shunsuke Nakamura, pra deixar o torcedor bem otimista neste início de campeonato. Enquanto isso, o Urawa tem uma vitória e três derrotas, não vem jogando o que se espera do bom elenco que tem e deixa a torcida preocupada.


Nas outras partidas, o Vegalta Sendai venceu mais uma é o novo líder, com a derrota do Kashiwa Reysol em Yamagata. Kashima x Cerezo e Gamba x Nagoya seriam os outros jogos da rodada, mas essas partidas serão disputadas apenas em agosto, devido aos compromissos das quatro equipes na Liga dos Campeões da Ásia. Confira os jogos da 9ª rodada:

Vegalta Sendai 1x0 Avispa Fukuoka
03/05/2011 - Yurtec Stadium, Sendai - Público: 15.859

Urawa Reds 0x2 Yokohama Marinos
03/05/2011 - Saitama Stadium 2002, Saitama - Público: 47.056

Kawasaki Frontale 1x0 Júbilo Iwata
03/05/2011 - Todoroki Stadium, Kawasaki - Público: 18.449

Ventforet Kofu 1x1 Omiya Ardija
03/05/2011 - Kose Sports Stadium, Kofu - Público: 12.056

Albirex Niigata 1x0 Vissel Kobe
03/05/2011 - Niigata Stadium, Niigata - Público: 30.610

Montedio Yamagata 2x1 Kashiwa Reysol
03/05/2011 - ND Soft Stadium, Yamagata - Público: 10.414

Shimizu S-Pulse 0x1 Sanfrecce Hiroshima
03/05/2011 -Outsourcing Stadium, Shizuoka - Público: 18.847

Kashima Antlers x Cerezo Osaka (adiado)
17/08/2011 - Kashima Soccer Stadium, Kashima

Gamba Osaka x Nagoya Grampus (adiado)
17/08/2011 - Expo '70 Stadium, Osaka

Um comentário:

  1. Belo resumo para este que certamente foi um grande jogo!! o/

    ResponderExcluir